topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 11 - Edição 92 - Dezembro de 2017
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  ARTIGO logo Embrapa
  imagem da notícia  
Requerimentos nutricionais do milho para produção de silagem

Com o avanço da atividade pecuária de leite e de corte na forma de criações mais intensivas, a produção de volumosos e sua conservação tornaram-se pontos críticos para os produtores. Técnicas de conservação de forragem em silos possibilitam melhor controle do fornecimento de energia para os animais, com constância e boa qualidade, contribuindo no atendimento de suas exigências nutricionais ao longo do ano ou período de criação (UENO et al., 2013). Assim, a silagem produzida com a planta inteira de milho vem sendo uma alternativa cada vez mais difundida como alimento volumoso para ruminantes.

O corte das plantas de milho para produção de silagem acarreta remoção de grandes quantidades de nutrientes das áreas de cultivo, em montantes muito superiores aos exportados com a colheita apenas dos grãos. Como praticamente não ficam restos culturais na lavoura, todo o quantitativo de nutrientes contido na parte aérea das plantas deixa de fazer parte dos processos de ciclagem, os quais são fundamentais para a manutenção da fertilidade e da atividade biológica no solo. Se as adubações não forem bem dimensionadas, pode haver impactos negativos ao sistema de produção.

Para ler o trabalho completo, clique aqui.

Autores:

Álvaro Vilela de Resende
Pesquisador, Doutor em Solos e Nutrição de Plantas, Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas-MG

Aarón Martínez Gutiérrez
Engenheiro Agrônomo, Doutorando em Fitotecnia na Universidade Federal de Viçosa-MG

Carine Gregório Machado Silva
Engenheira Agrônoma, Mestre em Ciências Agrárias, Sete Lagoas-MG

Gabriela Oliveira Almeida
Engenheira Agrônoma, Mestre em Ciências Agrárias, Sete Lagoas-MG

Paulo Evaristo de Oliveira Guimarães
Pesquisador, Doutor em Melhoramento de Plantas, Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas-MG

Silvino Guimarães Moreira
Engenheiro Agrônomo, Doutor em Solos e Nutrição de Plantas, Professor da Universidade Federal de São João del-Rei, Sete Lagoas-MG

Miguel Marques Gontijo Neto
Pesquisador, Doutor em Zootecnia, Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas-MG

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição:  Álvaro Resende e Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo.

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa