topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 14 - Edição 116 - Fevereiro/Março de 2020
   Ano 14 - Edição 119 - Agosto/Setembro de 2020 
   Ano 14 - Edição 118 - Junho/Julho de 2020 
   Ano 14 - Edição 117 - Abril/Maio de 2020 
   Ano 14 - Edição 115 - Janeiro/Fevereiro de 2020 
   Ano 13 - Edição 114 - Dezembro de 2019 
   Ano 13 - Edição 113 - Novembro de 2019 
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
 
 
seta
  ARTIGO logo Embrapa
  imagem da notícia  
O papel do milho Tiguera na perpetuação e concentração da cigarrinha Dalbulus maidis, do inóculo de molicutes e do vírus da risca

Créditos / Fotos deste artigo: Elizabeth Sabato

O produtor deve estar sempre atento para evitar a ocorrência do milho tiguera que proporciona aumento na população da cigarrinha Dalbulus maidis e na concentração dos patógenos (molicutes), transmitidos por esse inseto, e que causam os enfezamentos.
Saiba, no artigo a seguir, como atuar de forma preventiva, reduzindo a população das cigarrinhas na cultura do milho.

Esta Circular Técnica apresenta uma análise dos fatores que favorecem a proliferação e a disseminação da cigarrinha Dalbulus maidis, dos molicutes e do vírus da risca, com ênfase no papel desempenhado pelo milho tiguera nesses processos. Apresenta também análise dos fatores que têm favorecido a presença do milho no campo o ano inteiro, seja cultivado ou tiguera, e recomendações para o manejo do risco de danos por esses agentes nocivos.

Para acessar o artigo na íntegra, clique aqui.


Autores

Elizabeth de Oliveira Sabato
Bióloga, DSc. Fitopatologia, Pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG

Charles Martins de Oliveira
Engenheiro Agrônomo, DSc. Entomologia, Pesquisador da Embrapa Cerrados, Brasília, DF

Antônio Marcos Coelho
Engenheiro Agrônomo, PhD. Solos e Nutrição de Plantas, Pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG

Elena Charlotte Landau
Bióloga, DSc. Geoprocessamento, Pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisora do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Natália Santos Fois

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Divulgação Tecnoshow Comigo, Elizabeth Sabato, Jefferson Christoffoletti, Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Frederico Ozanan Machado Durães (chefe-geral), Maria Marta Pastina (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Lauro José Moreira Guimarães (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Roberto Willians Noda (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa