topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 08 - Edição 56 - Setembro e Outubro de 2014
   Ano 11 - Edição 88 - Agosto de 2017 
   Ano 11 - Edição 87 - Julho de 2017 
   Ano 11 - Edição 86 - Junho de 2017 
   Ano 11 - Edição 85 - Maio de 2017 
   Ano 11 - Edição 84 - Abril de 2017 
   Ano 11 - Edição 83 - Março de 2017 
   Ano 11 - Edição 82 - Fevereiro/Março de 2017 
   Ano 11 - Edição 81 - Janeiro de 2017 
   Ano 10 - Edição 80 - Dezembro de 2016 
   Ano 10 - Edição 79 - Novembro de 2016 
   Ano 10 - Edição 78 - Outubro de 2016 
   Ano 10 - Edição 77 - Setembro de 2016 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
 
imagem
Primeiras chuvas favorecem o plantio de sorgo para silagem

A cultura de sorgo tem sido utilizada no processo de ensilagem, principalmente por sua facilidade de cultivo, altos rendimentos, tolerância à seca e capacidade de explorar grande volume de solo.Para garantir maior produtividade e melhor qualidade da silagem de sorgo, é importante observar alguns cuidados especiais, como preparação do solo, densidade de plantio e época de colheita.

 
imagem
Perdas invisíveis na cultura do milho

Entenda como evitar prejuízos que passam despercebidos por muitos produtores. O pesquisador em Mecanização Agrícola da Embrapa Milho e Sorgo Evandro Mantovani alerta para cuidados necessários no plantio que garantem o alcance da população de plantas desejada.

 
imagem
Embrapa Milho e Sorgo preserva a biodiversidade de microrganismos

Fungos, vírus e bactérias são recursos genéticos indispensáveis para a inovação biotecnológica, especialmente na agricultura moderna. Por meio desses microrganismos, é possível gerar uma infinidade de novos produtos, como bioinoculantes, bioinseticidas, biopesticidas, bioestimulantes, e até compostos bioativos de interesse industrial.

 
imagem
Sorgo desponta como alimento funcional

O sorgo, fonte nutricional de mais de 500 milhões de pessoas em 30 países, principalmente na África e na Ásia, possui compostos bioativos que podem colocá-lo na lista dos alimentos com elevado potencial funcional. O quinto cereal mais produzido no mundo apresenta antocianinas, taninos e outras substâncias que inibem a proliferação de células de alguns tipos de câncer. 

 
  ARTIGO
 
imagem
Sobrevivência e crescimento inicial de espécies arbóreo-arbustivas nativas brasileiras para recuperação de paisagem degradada no Cerrado mineiro

No Estado de Minas Gerais existem cerca de 1,2 milhões de hectares de pastagens degradadas. A recuperação da paisagem é uma maneira de reverter esse processo de degradação, contribuindo para conservação ambiental.

 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Marina Torres

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Mônica Aparecida Nazareno (chefe-adjunta de Administração)

 
logo da Embrapa