topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 07 - Edição 45 - Maio de 2013
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Transição agroecológica busca sustentabilidade dos sistemas de produção

Aumentar a sustentabilidade dos sistemas agrícolas é o objetivo da transição agroecológica. O processo representa a mudança das bases da produção, com adoção de práticas que visam à conservação dos recursos naturais e ao bem-estar da população.

O pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG) Walter Matrangolo afirma que "no momento atual, o grande desafio é tornar a agricultura cada vez mais saudável e menos degradadora da natureza e da qualidade de vida".

A transição agroecológica passa por diversas etapas. No Marco Referencial em Agroecologia, documento publicado pela Embrapa, são listados três passos da transição que ocorrem dentro das propriedades:

- redução e a racionalização do uso de agroquímicos e fertilizantes sintéticos;

- substituição dos insumos químicos por outros de origem biológica;

- manejo da biodiversidade e redesenho dos sistemas produtivos.

Walter Matrangolo explica que, entre as inúmeras estratégias para tornar a agricultura mais sustentável, "a ciência da Agroecologia busca adotar a união do saber científico com o saber oriundo dos povos tradicionais. Esse saber ancestral é e sempre será a base da agricultura, construída ao longo de gerações na lida com a natureza. A biodiversidade e os saberes tradicionais permitirão à humanidade criar uma nova agricultura, uma agricultura de base ecológica, que permita que façamos bom uso das sementes e dos saberes necessários à continuidade da vida".

Atualmente, a agricultura de transição ecológica tem recebido cada vez mais atenção e será tema de um seminário durante a Semana de Integração Tecnológica (SIT) no próximo dia 23 de maio na Embrapa Milho e Sorgo.

O seminário terá como "objetivos principais socializar conceitos sobre agroecologia e programas institucionais relacionados ao tema, identificar demandas e estabelecer prioridades para pesquisa e transferência participativas oriundas da agricultura familiar", conforme explica o coordenador do evento, Fredson Ferreira Chaves. Ele destaca que também haverá apresentação de experiências exitosas de agricultores que desenvolvem seus sistemas de produção em bases agroecológicas e serão feitas visitas à fazendinha agroecológica e à vitrine de tecnologias da Embrapa.

O Seminário "Agricultura de Transição Agroecológica" contará com a participação de um grupo de 54 pessoas do Território da Cidadania Serra Geral, localizado no Norte de Minas. Na região, a Embrapa Milho e Sorgo desenvolve o projeto Rede Geral, ligado ao Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, com o objetivo de organizar parcerias para capacitação de extensionistas e agricultores em estratégias de inclusão produtiva.

Ao todo, 25 agricultores atendidos pelo Plano Brasil Sem Miséria, dez extensionsitas e 19 estudantes que atuam no Rede Geral se deslocarão até Sete Lagoas para participar do seminário, pois as tecnologias de base agroecológica são consideradas de grande importância para promover o desenvolvimento sustentável da região e a melhoria da qualidade de vida dos produtores.

Para conferir a programação completa do seminário e fazer inscrição para o evento, interessados devem acessar a página da SIT na internet: http://sit.cnpms.embrapa.br/. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3027-1275.

Texto: Marina Torres (MG 08577 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)
www.cnpms.embrapa.br
Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO)
Tel.: (31) 3027-1272
E-mail: marina.torres@embrapa.br

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Clenio Araujo

Jornalistas responsáveis: Clenio Araujo (MG 6279 JP), Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP) e Marina Torres (MG 08577 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Mônica Aparecida Nazareno (chefe-adjunta de Administração)

 
logo da Embrapa