topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 09 - Edição 67 - Novembro de 2015
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
GeoPortal: plataforma permite acesso a informações georreferenciadas

Uma plataforma digital organizada para facilitar o acesso a informações e publicações resultantes da aplicação de geotecnologias. Este é o GeoPortal da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), que pode ser consultado para diversas análises.

A aplicação de técnicas de geoprocessamento, sensoriamento remoto e modelagem espacial nas pesquisas tem sido cada vez maior. Essas geotecnologias permitem integrar informações de diferentes áreas como forma de compreender e procurar resolver ou mitigar problemas de cunho ambiental, social, econômico, agrícola.

O GeoPortal permite a integração de informações, gerando subsídios para a identificação de padrões, realização de diagnósticos, monitoramentos e tomadas de decisões baseadas em análises abrangendo diversas áreas do conhecimento.

A pesquisadora Elena Charlotte Landau é a coordenadora do GeoPortal. Em entrevista ao Grão em Grão, ela explica as motivações para a criação da plataforma e as possibilidades de uso da ferramenta.

Grão em Grão - O que motivou a criação do GeoPortal da Embrapa Milho e Sorgo?

Elena Charlotte Landau - A aplicação de técnicas de geoprocessamento tem se tornado uma alternativa essencial para análise e solução de problemas, considerando a variação espacial ou espaço-temporal de diversos aspectos da realidade, facilitando a visão multidisciplinar e transdisciplinar das questões de interesse. O GeoPortal da Embrapa Milho e Sorgo é uma plataforma digital organizada para facilitar o acesso a bases de dados georreferenciados e a publicações resultantes da aplicação de geotecnologias derivadas de projetos de pesquisa e ações da Unidade.

A iniciativa de disponibilizar tais informações de forma organizada surgiu em 2011. Na época, na Embrapa, havia portal semelhante apenas na Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ), mas que não permitia o acesso a mapas interativos, motivo pelo qual se optou por organizar uma nova plataforma. Assim, a primeira versão do GeoPortal da Embrapa Milho e Sorgo foi elaborada e lançada em 2013. Posteriormente, por questões de segurança da empresa, o GeoPortal precisou ser reconfigurado e adaptado para um novo sistema operacional. A nova versão do GeoPortal foi então lançada em 2015, tendo sido também ampliada incluindo número significativo de publicações e mapas temáticos adicionais.

Que tipo de informações estão disponíveis e podem ser consultadas na plataforma?

Através do GeoPortal, o usuário tem acesso a publicações organizadas por tema ou assunto: Milho; Sorgo; Milheto; Sistema de integração lavoura-pecuária; Agricultura de precisão; Agricultura familiar; Clima; Água, hidrografia e irrigação; "Barraginhas"; Solo, relevo, e topografia; Cobertura vegetal, uso da terra e monitoramento ambiental; Características sociais, econômicas e demográficas; Indicadores cadastrais rurais; Softwares e instrumentação e outros. Pode consultar também um servidor de mapas interativos, no qual são disponibilizados dados multidisciplinares, possibilitando a integração de informações georreferenciadas representadas por mapas temáticos, imagens de satélite, fotografias, imagens digitais georreferenciadas, etc. Entre as bases cartográficas disponibilizadas atualmente, destacam-se mapas temáticos apresentando a distribuição geográfica nacional de características relacionadas com agricultura familiar, indicadores cadastrais rurais, pivôs centrais de irrigação, área plantada, produção, produtividade e valor da produção de diversas culturas agrícolas, relevo e mosaicos estaduais de imagens de satélite. Além disso, existe na plataforma o software GeoPhotos, sistema web para armazenamento e visualização de imagens georreferenciadas.

Que análises o usuário pode fazer a partir do GeoPortal?

A organização das publicações por tema/assunto facilita a revisão de trabalhos disponíveis online sobre cada assunto. A maioria das publicações geradas com o uso de geotecnologias encontra-se dispersa, principalmente em função da diversidade de aplicações dessas tecnologias e da falta de padronização de palavras-chave associadas às publicações na área.

O servidor de mapas interativos permite a escolha dos mapas a serem visualizados conjuntamente, da escala geográfica de visualização, a identificação de atributos de um dado local ou região, a pesquisa de áreas com características de interesse, a medição de distância entre locais e o acesso a metadados com informações técnicas sobre cada base cartográfica disponibilizada. Isso permite a integração de informações multidisciplinares, possibilitando a ampliação e atualizações periódicas das bases de dados, gerando subsídios para a identificação de padrões geográficos ou espaço-temporais, programas de diagnóstico e monitoramento, tomada de decisões baseadas em análises abrangendo diversas áreas do conhecimento.

O GeoPortal disponibiliza também o GeoPhotos, um sistema para georreferenciamento de imagens. Qual o potencial de uso desse software? Como ele pode ser abastecido e que benefícios pode gerar?

O software facilita a visualização, através de "fotos" (imagens digitais), do que está acontecendo no âmbito de pragas, doenças, plantas e ocorrências disponibilizadas na rede. O GeoPhotos pode receber contribuição com fotos do mundo inteiro e, como benefício, disponibiliza tudo em mapas dinâmicos, onde o usuário pode navegar em mapas de relevo, imagens de satélite, além de ver as fotos das ocorrências. Poderá ser utilizado como ferramenta importante em levantamentos e monitoramento de pragas, doenças, plantas e outras verificações importantes com variação geográfica.


Entrevista: Marina Torres (MG 08577 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)
Tel.: (31) 3027-1272
E-mail: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisora do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Mônica Castro

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo, Fredson Chaves, Sinval Lopes

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Mônica Aparecida Nazareno (chefe-adjunta de Administração)

 
logo da Embrapa