topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 10 - Edição 72 - Abril de 2016
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Embrapa lança três cultivares de sorgo durante a 9ª SIT

Três cultivares de sorgo serão lançadas pela Embrapa durante a Semana de Integração Tecnológica (SIT), evento que acontece de 16 a 20 de maio na Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas-MG. São duas cultivares de sorgo granífero – BRS 373 e BRS 380 – e uma de sorgo forrageiro, a BRS 658. As cultivares destinadas à produção de grãos foram desenvolvidas para os plantios em sistemas de sucessão à soja, com características agronômicas capazes de diminuir os riscos climáticos causados durante a segunda safra. Apresentam porte baixo, grãos de cor vermelha e sem tanino.

O sorgo BRS 658, híbrido para a produção de silagem, também apresenta alta resistência à seca e baixo custo de produção, com alta qualidade de forragem e produtividade média de 50 toneladas por hectare de massa verde. As novas cultivares são resultado de um trabalho de pesquisa de 10 anos, em média. “São avaliados aspectos como produção, produtividade e resistência a pragas e doenças em diversos ambientes e biomas”, explica o pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo José Avelino Santos Rodrigues, um dos responsáveis pelo lançamento da cultivar de sorgo forrageiro.

As etapas de produção e distribuição das sementes às empresas licenciadas são de responsabilidade da Embrapa Produtos e Mercado. Segundo o gerente do Escritório de Sete Lagoas Reginaldo Resende Coelho o contrato é feito anualmente por meio de edital de seleção pública. Abaixo, conheça as principais características agronômicas das cultivares e onde comprá-las.

Híbrido de sorgo BRS 373

O BRS 373, granífero, possui ciclo superprecoce, alta produtividade e estabilidade de produção. Apresenta ampla adaptação (regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e Oeste Baiano) e boa resistência às principais doenças da cultura do sorgo. Resultados de pesquisa têm mostrado, também, sua resistência a nematoides (M. javanica e M. incognita). Alta uniformidade, resistência ao acamamento e boa tolerância ao alumínio tóxico no solo são outras características do BRS 373.

Licenciada: Agropastoril Jotabasso
Rondonópolis-MT
(66) 9984-1322

Licenciada: Plantmax Sementes
Limoeira do Norte-CE
(85) 3032-4894

 

Híbrido de sorgo BRS 380

Híbrido simples de sorgo granífero que apresenta ótimo desempenho nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, com produtividades de 4 a 6 toneladas de grãos por hectare. Tem ciclo precoce, resistência à antracnose e tolerância ao alumínio tóxico dos solos do Cerrado.

Licenciado: André Liberato Schwening
Rio Verde-GO
(64) 2101-6200

 

Híbrido de sorgo forrageiro BRS 658

Híbrido para atender a crescente demanda dos produtores por maior eficiência e melhor qualidade na alimentação de bovinos. Possui estabilidade de produção, alta resistência à seca, baixo custo de produção, alta qualidade de forragem e média de 50 t/ha de produção de massa verde. Possui porte alto, ciclo vegetativo ideal para ensilagem, colmos secos com excelente padrão fermentativo, alta porcentagem de grãos na massa (30% a 40% da matéria seca), proporcionando uma silagem de alta digestibilidade (cerca de 60% DIVMS) e alto teor proteico (média de 8-9% de proteína bruta). Outras características importantes do BRS 658 são a resistência ao acamamento, a alta sanidade foliar e a resistência ao míldio (Peronosclerospora sorghi).

Licenciada: Riber KWS Sementes
Patos de Minas-MG
(34) 3818-2009

 

SIT – Em sua nona edição, a Semana de Integração Tecnológica traz como principal tema este ano soluções tecnológicas que possam otimizar o desenvolvimento regional da agropecuária. Realizado pela Embrapa Milho e Sorgo em parceira com a Emater-MG, a Epamig, a Universidade Federal de São João del-Rei e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento, o evento apresenta como diferenciais a abordagem de dois grandes temas que impulsionam a atividade agrícola da região Central de Minas Gerais: orientações para a produção de uma silagem de qualidade e tecnologias para otimizar a produção leiteira.

Evento: 9ª SIT (Semana de Integração Tecnológica)

Quando: 16 a 20 de maio de 2016

Onde: Embrapa Milho e Sorgo, Epamig e Campus da UFSJ (Sete Lagoas-MG)

Programação e inscrições: http://sit.cnpms.embrapa.br/

 

Ouça no link logo abaixo entrevista com o pesquisador Derli Santana sobre as principais atrações da Semana de Integração Tecnológica.

 

Texto: Guilherme Viana (MG 06566 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)
Tel.: (31) 3027-1905
E-mail: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br 

ícone de áudio
adm/media/9PLbL97h1MkDybkDM8EStHmpdZl9tv.mp3
  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisora do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Mônica Castro

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Guilherme Viana, Jane Machado, Miguel Gontijo, Sandra Brito, arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo.

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Mônica Aparecida Nazareno (chefe-adjunta de Administração)

 
logo da Embrapa