topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 11 - Edição 84 - Abril de 2017
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Patos de Minas receberá o 1º Circuito Grãos de Minas

Entre os dias 29 de maio e 2 de junho, a Embrapa realizará a primeira edição do Circuito Grãos de Minas. Durante uma semana, uma equipe de especialistas de diversas áreas da Embrapa e estudantes do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) percorrerão 120 propriedades rurais na região de Patos de Minas, para realizar o diagnóstico do sistema produtivo de grãos.

O evento é uma ação da Embrapa Milho e Sorgo em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas, o Unipam e instituições públicas e privadas.

O trabalho tem por objetivo obter informações detalhadas para traçar um panorama sobre a situação dessa importante região produtora de Minas Gerais. Esse tipo de ação já é promovido no Mato Grosso, desde 2014, onde a Embrapa e a Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) realizam anualmente o Circuito Tecnológico - Etapa Milho. Em Minas Gerais, Patos de Minas será a primeira região em que se fará um levantamento dessa natureza.

O pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Álvaro Vilela Resende, explica que o objetivo é compor um levantamento da situação das lavouras de grãos (de milho e soja) e dos insumos e práticas de manejo que vêm sendo utilizados. "Isso permitirá identificar as principais tendências tecnológicas do agronegócio de grãos, bem como possíveis limitações e desafios para ganhos de produtividade e de rentabilidade na região", ressalta.

Segundo Resende, a realização da etapa de campo do Circuito Grãos de Minas ocorrerá por meio de visitas de técnicos da Embrapa a fazendas da região, num processo de amostragem de propriedades onde serão colhidas informações sobre o sistema de produção e o manejo utilizado pelos agricultores.

"O momento da visita representa também uma boa oportunidade de interação do produtor com especialistas de diferentes áreas da Embrapa, para troca de ideias e até mesmo auxílio para sanar dúvidas sobre tecnologias e práticas de manejo agrícola. Para os técnicos, é uma ótima ocasião para alinhar sua experiência em pesquisa com os problemas enfrentados na prática pelos agricultores", diz Resende.  

Entretanto, os benefícios do Circuito não se limitarão aos produtores das fazendas amostradas. "Dentre os resultados, teremos diagnósticos dos fatores de produção e tendências tecnológicas que são comuns a toda a região de Patos de Minas. Portanto, o que for levantado no Circuito, em termos de problemas e soluções, certamente será de interesse de qualquer produtor de soja e milho do entorno de Patos. Esses resultados serão divulgados oportunamente em eventos técnicos especialmente direcionados aos produtores e por meio de publicações que serão disponibilizadas aos interessados", afirmou o pesquisador Resende.

Equipe técnica

Desta etapa, participarão os pesquisadores da Embrapa: Alexandre Abdão (Fitotecnia - Produção Vegetal), Alexandre Ferreira (Manejo de Plantas Daninhas), Álvaro Resende (Fertilidade do Solo e Adubação), Dagma Silva (Fitopatologia), Emerson Borghi (Fitotecnia - Produção Vegetal), Flávia Cristina dos Santos (Fertilidade do Solo e Adubação), Ivênio Oliveira (Fitotecnia - Produção Vegetal), Marco Aurélio Pimentel (Entomologia - Armazenamento), Miguel Gontijo (Fitotecnia e Zootecnia), Rubens Miranda (Economia Agrícola), e Simone Mendes (Entomologia); e o técnico agrícola do setor de Transferência de Tecnologia João Batista Sobrinho.

Participarão também os graduandos do curso de Agronomia do Unipam Gustavo Ferreira, que é bolsista da Embrapa Milho e Sorgo no projeto de Boas Práticas Agrícolas, que deu origem ao Circuito; Maila Adriely Silva; Mateus Gonçalves de Borba e Pedro Rocha Santos.

Além do Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas e do Unipam, são parceiros da Embrapa neste evento as empresas Agrocerrado, Agrojapão, Terrena, Valoriza Agronegócios e KWS.

Texto: Sandra Brito (MG 06230 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas - MG)
Telefone: (31) 3027-1223
milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Alexandre Esteves, Renato Tardin,  Embrapa e arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo.

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa