topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 11 - Edição 88 - Agosto de 2017
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Produtor rural relata benefícios do app Doutor Milho em sua lavoura

O produtor rural Jivago Giacchetto Alves, do município de Miguelópolis, na região norte do Estado de São Paulo, colheu, no início de agosto, 2.400 sacas de milho em uma área de 30 hectares. Cultivado em condições de sequeiro, em sistema de plantio direto, a produtividade do grão chegou a 100 sacas por hectare. Desde o início do plantio, o produtor contou com a ajuda do aplicativo Doutor Milho, ferramenta tecnológica desenvolvida pela Embrapa capaz de auxiliar no acompanhamento do ciclo da planta, visando um manejo eficiente e sustentável das lavouras.

Segundo ele, as práticas de manejo disponibilizadas pelo aplicativo tiveram bastante utilidade durante o desenvolvimento da lavoura, principalmente na indicação de momentos críticos, quando o milho exige mais cuidados, e nos alertas sobre quais tomadas de decisão seriam necessárias. É o caso do controle da cigarrinha-do-milho, inseto-vetor dos agentes causais dos enfezamentos. “No estádio V1, por exemplo, o aplicativo me alertou sobre cuidados com percevejos e cigarrinhas, que são grandes causadores de perdas de produtividades. Consegui controlar o problema no início com a ajuda do Doutor Milho”, descreve.

O produtor teve conhecimento do aplicativo por meio do canal da Embrapa Milho e Sorgo no WhatsApp (para fazer o cadastro, basta enviar seu nome, cidade e estado para 31 – 9 9886-5339), que já conta com mais de 500 agricultores, extensionistas, consultores, pesquisadores e agrônomos. Abaixo, leia a entrevista em que Jivago Giacchetto detalha como obteve ajuda da ferramenta tecnológica, além das situações em que o aplicativo teve maior utilidade.

 

Grão em Grão: As práticas de manejo descritas pelo app tiveram utilidade? Poderia destacar alguma que teve mais aplicabilidade em algum momento da sua lavoura?

Jivago Giacchetto Alves: Muita utilidade. O aplicativo deu noção real para meu manejo, indicando os momentos críticos e me alertando sobre quais tomadas de decisão eu deveria realizar. No início do estádio V1, por exemplo, o app me alertou sobre os cuidados com percevejos e cigarrinhas, que são grandes causadores de perdas de produtividades. 

 

De uma maneira geral, o aplicativo ajudou em incrementos de produção e produtividade, além de formas de combater pragas e doenças? Poderia descrever as situações mais importantes que aconteceram durante o desenvolvimento da lavoura?

Sim, de uma maneira geral, o aplicativo me ajudou. Ele me mostrou todos os estádios, me mostrou o quê estava acontecendo em cada momento, qual seria minha tomada de decisão e qual era a atenção que eu teria que ter maior naquele momento. Destaco duas situações que foram bastante importantes para mim: o controle da cigarrinha-do-milho aliado ao tratamento de sementes. O Doutor Milho me avisou, num determinado estádio, que a eficiência do tratamento de sementes, a partir daquele momento, já estaria encerrada, e que eu deveria ter outra tomada de decisão, via aplicação foliar, por exemplo. E a segunda, que eu destaco, é a necessidade hídrica em cada momento. Meu milho foi cultivado em sistema de sequeiro. Tive bastante sorte nessa safra, já que não passei por estiagens. Digo que fui muito abençoado por isso. 


Entre as indicações já feitas a colegas produtores, há adoção do aplicativo?

Essa foi a questão mais importante para mim. Comentei com meus amigos produtores que estava utilizando esse aplicativo. Mostrei a eles todas as fases e o pessoal também começou a utilizar, começaram a baixar o Doutor Milho. Sou um produtor novo e o pessoal acreditou naquilo que eu estava fazendo e achou importante essa informação. A maioria baixou. Dessa forma, me senti bastante satisfeito, ou seja, uma pessoa mais nova na agricultura passando informações aos mais velhos e sendo, digamos, ouvido. O resultado disso foi que eles baixaram também o aplicativo. Hoje a gente conversa bastante, todos têm gostado muito. 

 

Qual o recado o senhor deixaria para quem ainda não conhece o aplicativo?

É um aplicativo de fácil manuseio, gratuito, que funciona em qualquer lugar, sem necessidade de internet. Temos que reconhecer que é muito, muito bom, vem ao encontro das necessidades dos produtores e nos traz benefícios. Vem favorecer o que o produtor precisa, que é estar alinhado com a tecnologia. Precisamos de informações novas. Compartilhem as novidades que o produtor rural agradece. Um abraço para vocês e até a próxima safra!


Serviço: 

Baixe aqui o Doutor Milho. Versão Android. Versão iOS

Confira aqui entrevista concedida pelo produtor Jivago Giacchetto Alves ao programa Tecnologia do Campo, do Canal Rural 

Abaixo, ouça o depoimento espontâneo do produtor sobre o aplicativo Doutor Milho enviado à Embrapa Milho e Sorgo

 

Entrevista: Guilherme Viana (MG 06566 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)
Tel.: (31) 3027-1905
E-mail: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br

Fotos: cedidas pelo produtor Jivago Giacchetto Alves

 

ícone de áudio
adm/media/WLVG6KhphU8W6J9JwWPuKNQz9Pw7Ed.mp3
  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: José Avelino Rodrigues e arquivo NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional) da Embrapa Milho e Sorgo.

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa