topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 11 - Edição 92 - Dezembro de 2017
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Aplicativo mostra sistemas ILPF em realidade aumentada

Rede ILPF acaba de lançar o aplicativo “Maquete virtual de ILPF em realidade aumentada”. A ferramenta mostra todas as etapas de um sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), as possíveis configurações que podem ser adotadas, as interações entre os componentes e os benefícios dessa estratégia produtiva.

Ao abrir o aplicativo, o usuário pode interagir escolhendo em um menu as diferentes fases de um sistema de integração. Iniciando em uma pastagem com baixa capacidade de lotação, a ferramenta mostra a evolução da área com o uso da agricultura e posteriormente retornando à pecuária. É possível também incluir árvores no sistema, e acompanhar o crescimento delas, bem como os primeiros desbastes.

Em outro menu, o usuário pode ver as transformações que ocorrem no perfil do solo, o comportamento das raízes de cada componente, a ciclagem de nutrientes e a dinâmica de água e de gases causadores do efeito estufa. Além dos gráficos, o aplicativo traz áudio explicativo em português e em inglês.

Inicialmente o aplicativo está disponível apenas para dispositivos que utilizam o sistema Android. Porém, a versão para IOS deverá estar na AppStore nos próximos dias.

Realidade aumentada

A realidade aumentada é uma tecnologia que permite a união do mundo virtual com o real. Por meio de um marcador, ou target, e um dispositivo móvel com um aplicativo específico, é possível gerar uma imagem virtual e interagir com ela no ambiente real.

Para utilizar é preciso baixar gratuitamente o aplicativo nas lojas virtuais e também baixar no site uma imagem, que funciona como target, ou marcador, e imprimi-la. É sobre ela que, ao apontar a câmera do celular ou tablet, o usuário vê a projeção em realidade aumentada da maquete.

Aplicação para educação e assistência técnica

A iniciativa da produção da maquete virtual de ILPF foi da equipe de comunicação da Embrapa, responsável pela divulgação da tecnologia ILPF. Após primeira experiência com a realidade aumentada abordando cenas isoladas de um sistema produtivo, pensou-se em utilizar a tecnologia para fazer algo mais completo e que representasse todo o sistema ILPF.

A ideia é que a nova ferramenta possa ser usada em diferentes contextos e por públicos diversos.

“Pensamos em um formato que pode ser útil tanto para a divulgação da tecnologia em feiras e exposições, quanto em salas de aula, palestras e até mesmo no contato de assistência técnica com o produtor rural”, explica o jornalista da Embrapa Agrossilvipastoril Gabriel Faria, um dos idealizadores do aplicativo.

Para o jornalista da Embrapa Milho e Sorgo e líder do projeto de comunicação para a transferência de tecnologia em ILPF, José Heitor Vasconcelos, o aplicativo será uma forma de facilitar o entendimento das pessoas sobre o que é o sistema ILPF, suas configurações e os benefícios que traz para quem adota.

Maquete virtual é mais prática e versátil

“O aplicativo nos permite visualizar os impactos do sistema ILPF, tanto por cima quanto por baixo da terra. Isso facilitou em muito o entendimento de todo o processo e também dos seus benefícios. Antes, usávamos três maquetes físicas para mostrar a evolução de uma propriedade que adotava o ILPF. Além de frágeis, essas maquetes eram limitadas e de transporte caro e difícil. Com o aplicativo, temos maquetes virtuais, interativas e prontas para utilização simultânea em qualquer lugar do País (e do planeta) a um custo muito baixo”, explica Vasconcelos que também participou da concepção do app.

A primeira apresentação do aplicativo foi feita em novembro, durante a Conferência das Nações Unidas para Mudança do Clima (COP 23) realizada na Alemanha. Na ocasião a ferramenta foi demonstrada no Espaço Brasil e em reuniões com possíveis parceiros e financiadores dos trabalhos da Rede ILPF.

O pesquisador da Embrapa e presidente do Conselho Gestor da Rede ILPF, Renato Rodrigues, considera o aplicativo uma inovação na forma de apresentar a ILPF, facilitando a compreensão do que é esse sistema produtivo.

“A vantagem desse aplicativo é o uso de uma tecnologia moderna e inovadora para mostrar a ILPF de um modo mais didático e até um pouco lúdico. É uma maneira rápida de mostrar todos os benefícios da tecnologia, de uma forma muito mais agradável do que um artigo científico ou uma apresentação convencional”, destaca Renato Rodrigues.

Para ele, a ferramenta será importante também na captação de recursos internacionais e na divulgação da ILPF junto a públicos que ainda não a conhecem a integração ou que têm pouco contato com o setor agropecuário.

O uso na transferência de tecnologia é outro ponto alto da ferramenta. “Ela pode ser algo de rápida visualização, que aguça a curiosidade das pessoas. Você pode usar isso com produtores, com técnicos, com estudantes de todos os níveis”, acredita Rodrigues.

Baixe aqui o aplicativo na plataforma Android. Nos próximos dias, o Maquete virtual estará disponível na Apple Store.

Transferência de Tecnologia de ILPF

Maquete virtual de ILPF em realidade aumentada foi produzida no âmbito das ações de transferência de tecnologia dos sistemas ILPF desenvolvidas pela Rede ILPF.

Rede ILPF é uma parceria público-privada entre a Embrapa, a CocamarDow AgroSciencesJohn DeereParker e Syngenta que tem como objetivo fomentar e incentivar adoção dos sistemas ILPF pelos produtores brasileiros.

Por meio das ações financiadas pela Rede são mantidas 107 Unidades de Referência Tecnológica de ILPF em todo o país, são realizadas capacitações e treinamentos, eventos como dias de campo, visitas técnicas, simpósios, entre outros.

A Comunicação também é parte importante desse projeto, divulgando notícias, resultados de pesquisa, agenda de eventos e experiências de quem já usa a ILPF. Fazem parte desse trabalho o site www.ilpf.com.br e o informativo mensal Integração.

Atualmente, a Rede ILPF encontra-se em um processo de mudança, no qual se transformará em uma associação. Com isso, se viabilizará a entrada de outras empresas e a ampliação dos trabalhos.

 

Texto: Guilherme Viana (MG 06566 JP) 
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)
Tel.: (31) 3027-1905
E-mail: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br 

Com informações da Embrapa Agrossilvipastoril 
 
Telefone: (66) 3211-4227

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição:  Álvaro Resende e Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo.

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa