topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
   Ano 12 - Edição 100 - Julho de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Tecnologias sobre milho, sorgo e amendoim serão mostradas na ExpoTec 2019

Profissionais da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG) e da Embrapa Algodão (Campina Grande-PB) irão apresentar no próximo dia 25 de abril, durante a ExpoTec 2019, uma série de tecnologias voltadas à melhoria da produção no campo.

Na parte de milho, os participantes da feira poderão conhecer mais sobre os sistemas de produção dos chamados "milhos especiais", a saber, o minimilho (obtido da espiga de milho retirada do pé ainda jovem) e o híbrido de milho verde BRS 3046, voltado à produção de pamonha e derivados. Além disso, serão discutidas com os visitantes as características agronômicas das variedades de sorgo granífero BRS 380 e BRS 373.

A pesquisadora Luiza Vasconcelos explica que o cultivo de milhos especiais é todo aquele que não é destinado à produção de grãos. "Durante o evento, em nossa estação, apresentaremos as tecnologias milho verde e minimilho e suas especificidades de produção, colheita e pós-colheita", disse.

Por exemplo, uma das particularidades citada por Luiza Vasconcelos sobre o minimilho é que o cultivo exige densidade de plantio três vezes maior que a do milho convencional. Outro aspecto é que para atender ao padrão de mercado, no momento da colheita, o minimilho deve ter entre 4 cm e 12 cm de comprimento e entre 1 cm e 1,8 cm de diâmetro. Além disso, é essencial ele ser armazenado sob refrigeração.

"Os benefícios e as vantagens do cultivo do minimilho se dão no sentido de ser uma alternativa para pequenos e médios agricultores, que geralmente produzem também outros tipos de hortaliças, e podem aumentar a oferta de produtos ao mercado", afirmou Luiza Vasconcelos.

No caso do sorgo granífero, a cultura é reconhecidamente mais tolerante à seca, característica relevante para o plantio em sucessão à soja. Luiza Vasconcelos conta que as cultivares BRS 380 e BRS 373 são híbridos desenvolvidos pela Embrapa Milho e Sorgo para resolver a crescente demanda por opções de ciclo de planta precoce e produtivas. Conforme a pesquisadora, as variedades são alternativas importantes, pois Goiás é o maior produtor de sorgo granífero do País, sendo o produto usado para a alimentação animal como ingrediente de rações.

Evolução do amendoim

Uma outra estação dentro da ExpoTec 2019 tratará da apresentação de variedades de amendoim desenvolvidas pela Embrapa Algodão. De acordo com o técnico da Embrapa Algodão, Jair Heuert, a intenção é mostrar a diferença entre uma variedade tradicional do Estado de Goiás, representada pela cultivar BR 1, e os benefícios da adoção das cultivares modernas, como BRS 421, BRS 423 e BRS 425.

A BR 1 é um amendoim do tipo Valencia, registrada em 1993, planta de porte ereto que facilita o arranquio manual. Tem ciclo de 90 a 100 dias, apresenta 3 a 4 sementes por vagem e grãos de película vermelha. É uma variedade recomendada para agricultura familiar para atender às demandas regionais por grãos in natura de película vermelha e comercialização popular na forma de vagens.

Comparativamente, os materiais modernos de amendoim são do tipo Runner. Segundo Jair Heuert, as novas cultivares buscam considerar as necessidades dos produtores brasileiros por amendoim de porte rasteiro, com alta produtividade e alto teor de ácido oleico, que confere conservação por mais tempo aos produtos com amendoim em sua composição. "São cultivares adaptadas às condições de cerrado, região de potencial expansão da cultura, e tolerantes às principais doenças, cercosporioses e mancha-anelar", afirmou Jair Heuert.

convite

 

Texto: Rodrigo Peixoto (MTb/GO 1.077)
Jornalista / Embrapa Arroz e Feijão
Contato: arroz-e-feijao.imprensa@embrapa.br
Telefone: (62) 3533-2107

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Israel Alexandre Pereira Filho Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa