topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
   Ano 12 - Edição 100 - Julho de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
SIT abrange público de várias regiões com programação diversificada

Cerca de 3 mil pessoas participaram da 12ª Semana de Integração Tecnológica (SIT) em Sete Lagoas-MG. Durante o evento, entre os dias 20 e 24 de maio, foram realizadas 66 atividades, dentre cursos, dias de campo, seminários, palestras e giros tecnológicos.

A programação da SIT abordou diversos assuntos e atraiu participantes de várias regiões de Minas e até de outros estados. Caravanas de produtores rurais e de estudantes movimentaram o evento.

Algumas atividades foram planejadas para atender demandas coletadas com produtores e técnicos da extensão rural, de acordo com necessidades de suas regiões. Os agricultores do Norte e Nordeste de Minas Gerais, por exemplo, puderam acompanhar seminário e dia de campo sobre tecnologias de produção agrícola em ambientes com escassez hídrica. Foram apresentadas opções de forrageiras tolerantes à seca, técnicas de irrigação com baixo consumo de água e outras estratégias para a atividade agropecuária em regiões semiáridas.

O agricultor José Pereira, de Virgem da Lapa-MG, no Vale do Jequitinhonha, afirma que teve um grande aprendizado com a Semana de Integração Tecnológica. "A minha responsabilidade aumentou muito, com a tarefa de repassar tudo o que aprendi no meu município. A importância desse evento para nós, agricultores familiares, é enorme. A minha bagagem hoje é outra".

O professor José Maria Neves, do Instituto Federal do Norte de Minas (IFNMG), Campus Almenara, considera que o intercâmbio de experiências faz da SIT uma experiência muito rica. "É um momento em que temos o encontro de vários profissionais e uma busca de conhecimentos, muitas trocas". José Maria afirma que as informações aprendidas serão colocadas em prática. "Eu participei do curso de plasticultura e lá no Instituto agora nós vamos montar uma estufa para produção de morango. Então, essa parte de plasticultura, qual o melhor material a escolher, é interessante. E os alunos de Agronomia que vieram fizeram uma gama de cursos também para terem essa troca de conhecimentos com profissionais de outras áreas e outras regiões. Isso é muito interessante até para a questão de contatos. É uma oportunidade ímpar".

Sara Rodrigues é aluna do curso técnico em agropecuária e integrou o grupo de 20 estudantes da Escola Família Agrícola de Natalândia, presente na SIT. "Achei que esse evento vai ser muito importante para ampliar o conhecimento dos agricultores familiares e fazer com que eles saibam novas alternativas para que façam dos seus cultivos mais produtivos, preservando o meio ambiente", afirmou.

O coordenador de assistência técnica do Senar Minas, Caio Oliveira, destaca a importância de possibilitar a participação de produtores na Semana de Integração Tecnológica. "Participamos da SIT pelo terceiro ano consecutivo com o projeto ABC Cerrado, trazendo caravanas de produtores rurais do Noroeste e do Norte de Minas. Para nós, é um prazer muito grande, pois num momento desse a gente consegue mostrar para o produtor um pouco do que acontece da porteira para fora, no sentido de inovação, de tecnologias e conhecimentos. O produtor pode vivenciar o que está sendo trabalho de mais atual na área da pesquisa voltada para pastagem e para diversos tipos de cultura. Então, é de grande valia, porque a gente acredita que, com o conhecimento, o produtor pode ter uma atividade eficiente, rentável e produtiva."

O prefeito de Água Doce do Norte-ES, Paulo Márcio Ribeiro, viajou do Noroeste do Espírito Santo até Sete Lagoas para participar do 4º Encontro do Projeto Barraginhas, realizado durante a SIT. Paulo Márcio demonstra gratidão a toda a equipe da Embrapa pelos resultados do projeto. "Quando você constrói uma barragem dessas, vem a chuva e o produtor vê a barragem se enchendo de água e o solo ficando fértil, o agricultor se emociona e fica agradecido. Isso é muito importante. O Espírito Santo comprou esse projeto. Nós passamos a implantar em todo o estado, dando palestras, porque o mais importante é fazer e compartilhar o que é bom. Quando eu falo com outro prefeito, eu recomendo: adote o Projeto Barraginhas, que você vai ver como vai mudar o solo e fazer seu município mais fértil e mais produtivo e você vai ver alegria nos olhos do produtor. Quero deixar meu agradecimento a todos os funcionários da Embrapa e ao nosso professor Luciano Cordoval, por tudo o que fizeram por minha cidade, pelo Espírito Santo e pelo Brasil".

A articulação com diversas instituições que integram o setor agropecuário foi essencial para a mobilização e a participação do público diversificado na 12ª edição da SIT. O coordenador do evento, Fredson Chaves, destaca a forte presença de produtores e lideranças de várias regiões. "Tivemos a participação de empresários, consultores, extensionistas, estudantes e produtores que contribuem com o desenvolvimento da atividade agropecuária em Minas Gerais. Os agricultores vieram, participaram e esperamos que eles multipliquem informações e conhecimentos em suas regiões".  

Fredson ressalta o papel social da Semana, que busca impulsionar o desenvolvimento do setor agropecuário. "Queremos valorizar, cada vez mais na SIT, a presença dos produtores que participam do evento, com a perspectiva de utilizar as soluções tecnológicas apresentadas e os conhecimentos adquiridos em favor de sua atividade econômica e da melhoria de sua qualidade de vida".

Texto: Marina Torres (MTb 08577/MG)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo
Telefone: (31) 3027-1272
E-mail: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Mônica Matoso Campanha, Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo, Assessoria de Comunicação Social da Epamig

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa