topo
Jornal Eletrônico da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG)   |
   Ano 13 - Edição 111 - Agosto de 2019
   Ano 13 - Edição 113 - Novembro de 2019 
   Ano 13 - Edição 112 - Setembro/Outubro de 2019 
   Ano 13 - Edição 110 - Julho de 2019 
   Ano 13 - Edição 109 - Junho de 2019 
   Ano 13 - Edição 108 - Maio de 2019 
   Ano 13 - Edição 107 - Abril de 2019 
   Ano 13 - Edição 106 - Março de 2019 
   Ano 13 - Edição 105 - Janeiro/Fevereiro de 2019 
   Ano 12 - Edição 104 - Nov. e Dezembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 103 - Outubro de 2018 
   Ano 12 - Edição 102 - Setembro de 2018 
   Ano 12 - Edição 101 - Agosto de 2018 
 
 
seta
  NOTÍCIAS logo Embrapa
  imagem da notícia  
Pesquisa avalia o potencial de municípios mineiros para produção de silagem de milho

Minas Gerais se destaca nacionalmente como o maior produtor de leite bovino. Entretanto, ocorre grande oscilação no fornecimento deste alimento por causa da redução na oferta de forragem para o gado no período de estiagem.

Segundo o pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Camilo de Lelis Teixeira de Andrade, o uso de silagem é uma alternativa importante, mas requer planejamento, ou seja, o produtor precisa preparar a quantidade de silagem de que necessita com antecedência.

Ele ressalta que a cultura do milho, em regime de sequeiro, também sofre com as irregularidades no regime de chuvas, e isto dificulta o planejamento da área de lavoura necessária para a produção de silagem.

"Com base nesse raciocínio, utilizamos ferramentas computacionais para, junto com informações de clima e de solo de diferentes regiões de Minas, estimar a produtividade esperada de silagem de lavouras semeadas em diferentes épocas, com ou sem o uso de irrigação e considerando ainda o risco de ocorrência de chuva na colheita", diz Camilo.

No estudo, foram simuladas diversas datas de semeadura para o milho ao longo do ano. "Assim, foi possível definir os períodos de semeadura mais adequados em cada município, para o cultivo de sequeiro e irrigado. Foram avaliadas também a qualidade da silagem e a ocorrência de chuvas na ocasião da colheita. Isto permitiu uma avaliação completa do desempenho da cultura no estado", explica Camilo.

De acordo com a pesquisa, as melhores datas de semeadura para milho silagem, sob regime de sequeiro em Minas Gerais, ocorrem no mês de outubro. Para o regime irrigado, as datas mais adequadas se concentram no mês de fevereiro. Considerando apenas as melhores datas de semeadura, a produtividade de massa seca de milho para silagem, sem irrigação, apresenta menor produtividade e maior variação entre os anos em relação ao cultivo irrigado.

Os testes foram realizados em Aimorés, Araçuaí, Araxá, Bambuí, Caratinga, Curvelo, Itamarandiba, Janaúba, Lavras, Machado, Montes Claros, Paracatu, Patos de Minas, Pompéu, Sete Lagoas, Uberaba, Unaí e Viçosa. Os resultados foram publicados em julho de 2019, na série Documentos da Embrapa, sob o título "Simulação da Produtividade Potencial de Silagem de Milho em Municípios de Minas Gerais".

Participaram também do estudo a engenheira agrônoma Marina Luciana Abreu de Melo, o biólogo Tales Antônio Amaral e os graduandos em Engenharia Agronômica Christoph Hermann Passos Tigges e Jennifer Alves Camilo. Todos bolsistas da Embrapa.

O Documento 234 "Simulação da Produtividade Potencial de Silagem de Milho em Municípios de Minas Gerais" está disponível no portal da Embrapa pelo link

https://www.embrapa.br/milho-e-sorgo/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1111037/simulacao-da-produtividade-potencial-de-silagem-de-milho-em-municipios-de-minas-gerais

Créditos da foto desta matéria: Eduardo Vieira Guimarães

 

Texto: Sandra Brito (MG 06230 JP)
Jornalista / Embrapa Milho e Sorgo
Contato: milho-e-sorgo.imprensa@embrapa.br
Telefone: (31) 3027-1223

 

  COMENTÁRIOS  
 
Nome Completo
E-mail
Comentário
OBS.: Os comentários são previamente analisados antes de sua publicação.
 
 
 
 
  ESPAÇO DO LEITOR
 
imagem de envelope

Entre em contato com a equipe que produz o jornal eletrônico Grão em Grão. Sugira reportagens, temas para serem abordados nos artigos, eventos, enfim, emita seu ponto de vista sobre o jornal. Você tem duas maneiras de interagir conosco:

por e-mail: cnpms.nco@embrapa.br ou
por telefone: (31) 3027-1272

  CADASTRO
 

Para se cadastrar e receber nosso informativo via e-mail, clique aqui.

Acesse também o nosso jornal no endereço http://grao.cnpms.embrapa.br

Caso queira, a qualquer momento, cancelar o recebimento do informativo, clique aqui ou envie uma mensagem para cnpms.nco@embrapa.br solicitando a retirada de seu nome da lista de leitores.

  EXPEDIENTE
 

O jornal eletrônico Grão em Grão faz parte do Programa de Comunicação Organizacional da Embrapa Milho e Sorgo.

Supervisor do NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional): Aurélio Martins Favarin

Jornalistas responsáveis: Guilherme Viana (MG 06566 JP), José Heitor Vasconcellos (RJ 12914 JP), Marina Torres (MG 08577 JP) e Sandra Brito (MG 06230 JP)

Desenvolvedor: Luiz Fernando Severnini

Programador Visual: Alexandre Esteves Neves

Edição: NCO (Núcleo de Comunicação Organizacional)

Revisão: Antonio Claudio da Silva Barros

Fotos desta edição: Álvaro Vilela de Resende, Eduardo Vieira Guimarães. Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Embrapa Milho e Sorgo

Chefia da Embrapa Milho e Sorgo: Antônio Álvaro Corsetti Purcino (chefe-geral), Sidney Netto Parentoni (chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento), Derli Prudente Santana (chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia) e Jason de Oliveira Duarte (chefe-adjunto de Administração)

 
logo da Embrapa